Software é capaz de identificar os riscos de segurança e de negócios e assim manter a continuidade das operações.

A Tata Consultancy Services (TCS) anunciou o lançamento do IUX for Workplace Resilience, que apoia a tomada de decisões em tempo real, administrando riscos e elevando a resiliência operacional dos clientes. A solução para centros de comando ajuda a tornar seguro o retorno ao ambiente de trabalho para funcionários e clientes com quem as empresas fazem negócios em meio à Covid-19.

O software ajuda a organização a superar os desafios multifacetados da retomada ao local de trabalho, combinando a gestão de riscos com as principais funções de reabertura dos negócios, abrangendo a segurança dos profissionais, apoio regulatório, resiliência operacional e engajamento com clientes.

“Com a reabertura dos espaços de trabalho, as empresas estão sob grande pressão para garantir a segurança de funcionários, clientes e visitantes, monitorar o cumprimento das normas e reduzir os riscos”, afirma Ashvini Saxena, Chefe Global de Software e Soluções Digitais da TCS. “Utilizando uma plataforma de análise e um centro de comando integrados, o IUX for Workplace Resilience permite capturar e analisar diferentes dados corporativos e de IoT (Internet das Coisas) para entender, em tempo real, os riscos de segurança e de negócios e assim manter a continuidade das operações.”

Desenvolvida para líderes de negócios nos setores bancários e varejistas, escritórios corporativos e campus universitários que estão saindo da quarentena, a solução baseada em nuvem, segundo a empresa, ajuda a proteger funcionários e clientes, cumprir as regulamentações governamentais em constante mudança e tornar as operações mais resilientes, mesmo com os transtornos em curso.

Entre suas funcionalidades, o software permite monitorar os riscos de contaminação nos locais e tomar medidas imediatas de acordo com as normas recomendadas. Permite rastrear contatos a partir de dados de proximidade de dispositivos, como celulares e scanners de crachás. Combinadas com imagens e vídeos, essas informações podem ajudar a assegurar ótimos níveis de proteção aos funcionários internos e remotos e sugerir maneiras para manter o distanciamento social. As empresas também podem acompanhar as opiniões de funcionários e clientes e determinar perfis de riscos a fim de avaliar impactos no faturamento e nas cadeias de suprimentos.

A TCS explica que ao utilizar os recursos de análise, por exemplo, o gerente de negócios de uma varejista será capaz de estimar seu fluxo de caixa com base nas previsões de pagamentos e recebíveis no cenário atual e ao longo da pandemia. No setor de serviços financeiros, um gerente de banco poderá estabelecer perfis de risco de agências específicas usando análises de variações hipotéticas (what-if) com base nas taxas de contaminação, no impacto nas equipes e no relacionamento com clientes.

A solução usa a Intelligent Urban Exchange da TCS, plataforma de análise de big data e IoT, podendo compilar dados e fazer análises em tempo real de qualquer formato de informação – desde registros de saúde e de funcionários até vídeos e dados de RH, cadeia de suprimentos e operações. Utiliza inteligência artificial para identificar correlações, revelar insights, fazer previsões e oferecer recomendações para tornar as empresas mais resilientes, exibindo-os como visualizações em um painel de comando dos negócios.

Fonte: CIO