O serviço de reuniões online Google Meet começou a receber uma tecnologia de cancelamento de ruído baseada em inteligência artificial. A novidade está sendo liberada de forma gradativa e chega primeiros aos usuários da plataforma na edição web.

Anunciada em abril, a tecnologia é descrita pela Google como um “denoiser”, que vem ativado como padrão no Meet, mas pode ser desativado nas configurações. O objetivo da função é garantir um áudio limpo e sem interrupções para os usuários durante conversas na plataforma.

Segundo explica a companhia, o “Meet agora consegue filtrar distrações de fundo de maneira inteligente”. Quando ativada, a função consegue cancelar o barulho de multidões, latidos de cachorro, sons de teclado e portas abrindo e fechando, por exemplo.

Trabalho em desenvolvimento

Segundo o Venture Beat, que já testou a novidade, o cancelamento de ruído do Meet já entrega um nível de qualidade satisfatório. A Google ressalta, porém, que a ferramenta ainda precisa de melhorias para evitar cancelamentos errôneos e distorções na voz quando a tecnologia está em ação.

De acordo com Serge Lachapelle, diretor de produto do G Suite, a tecnologia está em desenvolvimento desde 2017, quando a Google adquiriu a Limes Audio. A companhia criou a ferramenta para melhorar a experiência em reuniões internas, mas os resultados positivos e o crescimento do Meet durante a pandemia acabaram expandindo o uso da função.

Segundo o executivo, a Google começou a treinar o algoritmo usando gravações de reuniões da empresa e também áudios de multidões encontrados no YouTube. Com o lançamento em massa da ferramenta no Meet, a tendência é que a firma consiga aprimorar a inteligência artificial com o passar do tempo.

A Google não revelou quando todos os usuários do Meet receberão a tecnologia de cancelamento de ruído, mas o objetivo da firma é lançar a novidade de forma gradativa neste mês e trazê-la para o Android e iOS futuramente.

Fonte: Tecmundo