O Facebook News, ferramenta que reúne as notícias do dia com base nas preferências do usuário da rede social, será lançado no Brasil e outros países, em breve, conforme comunicado divulgado pela companhia nesta terça-feira (25). Até o momento, o recurso só é oferecido nos Estados Unidos, onde começou a ser disponibilizado no final de 2019.

Funcionando como uma espécie de concorrente do Google Notícias, o serviço destaca as notícias mais importantes em um feed no Facebook, mostrando ao usuário as manchetes. A partir daí, basta tocar nas chamadas de seu interesse para ter acesso às informações, podendo ainda salvá-las para ler posteriormente e compartilhá-las com seus contatos.

O usuário também tem a possibilidade de escolher seus assuntos de maior interesse, seja música, cinema, futebol, economia, saúde ou tecnologia, por exemplo. A novidade trabalha de forma independente da exibição de notícias que já acontece no feed e não vai afetar o funcionamento desta.

Os conteúdos aparecem em uma aba exclusiva, dentro da conta na rede social.Fonte:  Facebook/Divulgação

Além do Brasil, o serviço de notícias do Facebook também será lançado no Reino Unido, França, Índia e Alemanha, mas não há uma data exata para a oferta da função. Conforme a empresa, o lançamento ocorrerá em um prazo dentro dos “próximos seis meses a um ano”.

Parceiros variam de acordo com o país

O Facebook News tem como foco a exibição de conteúdos produzidos prioritariamente por editores locais, trabalhando com parcerias. De acordo com a rede social, as empresas escolhidas serão pagas para garantir a disponibilidade das suas matérias dentro do produto. Já o usuário não terá nenhum custo para acessar a novidade.

Nos Estados Unidos, a ferramenta possui parceria com veículos como The Wall Street Journal, The Washington Post, Vanity Fair, Elle, Forbes, ABC, CNN e Bloomberg, entre mais de 200 opções, levando aos usuários as principais notícias do dia.

Ainda não há informações sobre as empresas que exibirão conteúdos no Brasil.

Fonte: Tecmundo