A Neuralink, startup de biotecnologia de Elon Musk, marcou um evento para esta sexta-feira (28), onde pretende divulgar seus avanços do último ano. Apesar de a empresa não ter revelado detalhes sobre a apresentação, a expectativa é que aconteçam demonstrações ao vivo de seus “chips cerebrais”.

No dia 30 de julho, Musk comentou o evento no Twitter. “Neurônios funcionando em tempo real no dia 28 de agosto. O Matrix dentro do Matrix”, o executivo escreveu na publicação, que gerou rumores sobre a evolução da tecnologia, intitulada BCI, sigla para Brain Computer Interface (Interface cérebro-computador, na tradução livre).

Em 2019, a startup informou que a tecnologia seria testada em humanos neste ano. Poucos meses depois, Musk sugeriu que a empresa teria alcançado novas conquistas. “Espere até ver a próxima versão vs [em comparação com] o que foi apresentado no ano passado”, afirmou, fazendo uma referência ao robô cirurgião da Neuralink.

Brain Computer Interface

Unsplash/Reprodução

O projeto tem como objetivo viabilizar conexões entre o cérebro humano e máquinas externas, permitindo que esses equipamentos sejam controlados pelos usuários através de seus pensamentos — o que poderia ser especialmente útil para pessoas com necessidades especiais.

Para possibilitar essa simbiose, é necessário instalar um chip no cérebro das pessoas (especialidade do robô cirurgião desenvolvido pela empresa). Com a instalação, os pensamentos dos usuários são lidos pelo chip e transformados em comandos para uma determinada máquina — que pode ser, por exemplo, um computador.

Embora essa ideia já seja um tanto quanto ambiciosa, Musk decidiu elevar ainda mais a expectativa dos internautas no mês passado, afirmando que esses dispositivos vão reproduzir músicas diretamente no cérebro das pessoas e até liberar hormônios como ocitocina e serotonina.

Com os próximos anúncios da empresa, seria possível saber em que fase de desenvolvimento da tecnologia está. Para não perder nenhuma novidade do evento, fique ligado em nosso site!

Fonte: Tecmundo