Usuários do Windows 10 têm reportado um comportamento estranho do Windows Defender: segundo eles, o antivírus do sistema tem pulado o escaneamento de alguns arquivos e pastas durante a verificação de ameaças.

O bug foi exposto no Reddit e no fórum Microsoft Answers, onde os usuários explicaram que, ao iniciar uma verificação manual ou completa do sistema, o Defender simplesmente deixa alguns arquivos e/ou pastas de fora do escaneamento, mesmo que esses arquivos/pastas não tenham sido incluídos na seção de exclusão do aplicativo.

Perceba a mensagem “Itens pulados durante o “scan””, mostrado pelo Defender durante a ocorrência do bug:

Fonte: MSPower User/ReproduçãoFonte:  MSPower User

O bug começou a acontecer após um update do Windows 10, que atualizou o Defender para versão 4.18.2003.

Foi relatado que versões posteriores do app também estão funcionando dessa forma, seja com a proteção em nuvem ou o controle de acesso a pastas ativado ou não.

Até o momento, a Microsoft não se pronunciou a respeito do bug, que tem sido atribuído à última atualização do SO.

Se você precisa verificar um arquivo ou conteúdo de uma pasta com urgência, é recomendado que use uma solução de antivírus gratuita até que a Microsoft libere uma correção para a falha do Defender.

Fonte: Tecmundo